terça-feira, 20 de janeiro de 2009

O estado impecável.

Ela vestiu seu melhor modelito do guarda-roupa, fez a mais delicada maquiagem, colocou o perfume com a fragrância mais agradável. Olhou-se então, diante do espelho, achando seu visual impecável. Seu pai abre a porta do quarto e ela, curiosa por uma segunda opinião, pergunta:


- Como estou?

- Quem deveria saber isso era você.

- Eu?

- Sim, pense bem.


Ele fechou a porta e ela entendeu que nada daquilo servia,

enquanto seu estado de espírito não estivesse do mesmo jeito, impecável.


(Não era o seu caso...)

Um comentário:

ciro farias disse...

haha magoou o coração del padre